Reunião Ministerial sobre o Futuro da Economia da Internet - Seul


/ Atualizado em 10.07.2008

Decorreu, em Seul (Coreia do Sul), a 17 e 18 de Junho de 2008, a reunião ministerial da OCDE sobre o Futuro da Economia da Internet.

Os participantes, ministros de cerca de 40 países, desenvolveram o debate em torno de 5 temas:

  • Melhorar a performance económica e o desenvolvimento social;

  • Beneficiar da convergência;

  • Promover a criatividade e destacar o papel da economia da Internet enquanto fonte e ferramenta para estimular a inovação e o crescimento;

  • Segurança das redes;

  • Aumentar as oportunidades para um desenvolvimento económico e social global.

Os líderes económicos globais, peritos e académicos na área técnica - no total, estiveram presentes cerca de 2.200 delegados de 68 países - tentaram acordar formas de melhorar a coordenação e a cooperação a nível global. Nesse âmbito, salientou-se que, embora o número de utilizadores da Internet de banda larga não pare de crescer a nível mundial, a fractura numérica também aumenta, pelo que se devem desenvolver esforços no sentido de alargar a rede de acesso à Internet, nomeadamente à Internet móvel, uma vez que, nos países em desenvolvimento, esta encontra-se em plena expansão.

Foi ainda dada ampla cobertura às temáticas do roubo da identidade, da privacidade dos dados e da segurança das redes, uma vez que essa é a preocupação maior dos utilizadores da Internet. O interesse crescente para as questões ambientais e os benefícios que a utilização da Internet pode trazer foram, de igual modo, amplamente salientados.

A conferência culminou na adopção, por parte dos países da OCDE, da Comissão Europeia e dos Ministros do Chile, do Egipto, da Estónia, da Indonésia, de Israel, da Letónia, do Senegal e da Eslovénia, de uma Declaração concretizando os respectivos compromissos de trabalhar em conjunto de modo a estimular a inovação, a concorrência e o investimento nas tecnologias da informação e comunicação (TIC). A Declaração de Seul assume-se assim como um roadmap para a modernização das políticas de comunicação que contribuíram para fazer da Internet o motor económico em que se tornou e facilitar o seu desenvolvimento futuro.

Adicionalmente, durante a sessão de encerramento, a OCDE comprometeu-se a melhorar/ afinar os indicadores estatísticos de medição da utilização e do acesso à Internet e respectivas redes. Por último, saliente-se que os Ministros que participaram neste evento reconheceram a importância do relatório da OCDE intitulado ''Preparar o futuro da Economia da Internet'' e recomendaram que os governos o considerem aquando da implementação das suas políticas internas.