Rede postal e oferta de serviços dos CTT - 2.º trimestre de 2017

Já se encontra disponível o relatório1 sobre a rede postal e oferta de serviços dos CTT - Correios de Portugal (CTT), empresa concessionária do serviço postal universal, no final do 2.º trimestre de 2017 (2T2017).

Este relatório destaca que, no final de junho de 2017, estavam em funcionamento 2357 estabelecimentos postais, dos quais 610 correspondiam a estações de correio fixas, 3 a estações de correio móveis e 1744 a postos de correio.

O número total de estabelecimentos postais tem-se mantido estável desde o final do 4.º trimestre de 2014 e em linha com os objetivos de densidade da rede postal e de ofertas mínimas de serviços, fixados por decisão da ANACOM de 28 de agosto de 2014https://www.anacom.pt/render.jsp?contentId=13233922,  que implicitamente fixam em 2296 o número de estabelecimentos postais que os CTT devem manter em funcionamento a partir do 4T2014 (inclusive) e até ao final de setembro de 20173.

Com base exclusivamente na informação reportada pelos CTT, foram atingidos por este operador, no 2T2017, os objetivos de densidade da rede postal e de ofertas mínimas de serviços.

No plano internacional, tendo em conta os dados disponíveis na União Postal Universal (UPU) sobre a rede de estabelecimentos postais fixos dos prestadores de serviço universal nos Estados-Membros da União Europeia (UE), referentes a 2015, a situação em Portugal é ligeiramente desfavorável em termos de índice de cobertura face à média da UE, excluindo Portugal, sendo que para o índice de densidade populacional nacional está em linha com a média da UE.

Em Portugal, a percentagem de estabelecimentos postais geridos por terceiros é superior à média da UE.

Notas
nt_title
 
1 Este relatório foi elaborado com base na informação reportada pelos CTT e poderá ser objeto de adaptações caso se verifiquem revisões ou alterações, comunicadas pelos CTT ou decorrentes de ações de fiscalização realizadas pela ANACOM, nomeadamente.
2 Ao abrigo da base XV das Bases da concessão do serviço postal universal, republicadas em anexo ao Decreto-Lei n.º 160/2013, de 19 de novembro.
3 Número mínimo que permite cumprir o objetivo de densidade segundo o qual o número médio de habitantes por estabelecimento postal deve ser igual ou inferior a 4600 habitantes, a nível nacional.

Consulte: