Evolução dos preços das telecomunicações - março de 2018


Síntese

  • Em março de 2018, os preços das telecomunicações1 não sofreram alterações face ao mês anterior (+0,11% em março de 2017).

Em comparação com o mês homólogo do ano anterior, a variação de preços verificada foi de 0,24%.

Em termos médios anuais, a variação foi de 1,89%, 0,69 p.p. acima da inflação (1,21%). O aumento de preços verificado foi o 16.º mais elevado entre os 43 produtos/serviços considerados.

Desde janeiro de 2014 que os preços das telecomunicações1 crescem a taxas médias anuais superiores à variação do IPC.

  • Em março de 2018, em termos médios anuais, Portugal foi o terceiro país da U.E. com o aumento de preços mais elevado. Em média, na U.E. os preços das telecomunicações1 diminuíram 0,8%.

Desde março de 2011 que os preços das telecomunicações1 crescem mais em Portugal do que na U.E.

1. Evolução dos preços das telecomunicações1 em março de 2018

De acordo com o INE2, em março de 2018 os preços não sofreram alterações em relação ao mês anterior (+0,11% em março de 2017)1. Em comparação com o mês homólogo do ano anterior e em termos médios nos últimos 12 meses, a variação ocorrida nos preços das telecomunicações1 foi de 0,24% e 1,89%, respetivamente.

Tabela 1 - Evolução do Índice de Preços no Consumidor (IPC) e dos preços das telecomunicações1

 

Março de 2018

2017

Variação Homóloga

Variação média 12 meses

Variação mês anterior

Variação média 12 meses 

IPC

0,69%

1,21%

1,86%

1,37%

Telecomunicações1

0,24%

1,89%

0,00%

2,35%

Ranking descendente (43 grupos)

28

16

23

10

Unidade: %
Fonte: INE
Nota: O desvio entre a variação média dos últimos 12 meses do IPC e do sub-índice de telecomunicações resultante do quadro é diferente do mencionado no texto devido a arredondamentos

Em comparação com o mês homólogo do ano anterior, a variação de preços verificada (+0,24%) foi a 28.ª mais elevada da economia portuguesa. O desvio face ao IPC foi de -0,45 p.p..

Em termos médios anuais, o aumento de preços verificado (1,89%) foi o 16.º mais elevado entre os 43 produtos/serviços considerados.

Desde janeiro de 2014 que os preços das telecomunicações1 crescem a taxas médias anuais superiores à variação do IPC. Em março de 2018, o diferencial entre as duas taxas atingiu 0,69 pontos percentuais (p.p.), o menor desvio verificado desde março de 2014.

Gráfico 1 - Taxa de variação média a doze meses do IPC e dos preços das telecomunicações1

Desde março de 2011 que os preços das telecomunicações crescem mais em Portugal do que na U.E.

Unidade: %
Fonte: INE

2. Evolução dos preços das telecomunicações1 na U.E.3 em março de 2018

De acordo com o EUROSTAT4, em março de 2018, o aumento dos preços verificado em Portugal foi 2,7 p.p. superior à média da U.E.3 em termos médios anuais, sendo Portugal o terceiro país com o aumento de preços mais elevado. Os países onde os preços cresceram mais do que em Portugal foram Letónia e Espanha.

Em relação ao mês homólogo, o aumento dos preços das telecomunicações1 em Portugal foi o 10.º mais elevado entre os países da U.E.3.

Tabela 2 – Evolução dos preços das telecomunicações1: Portugal vs U.E.3

 

Março de 2018

2017

Variação Homóloga

Variação média 12 meses

Variação mês anterior

Variação média 12 meses 

U.E.3

-0,1%

-0,8%

-0,04%

-0,9%

Portugal

0,2%

1,9%

0,0%

2,4%

Desvio PT / U.E.3

0,4 p.p

2,7 p.p

0,04 p.p

3,2 p.p

Ranking descendente (em 26 países)

10

3

9

2

Unidade: %, p.p
Fonte: EUROSTAT
Nota: Informação não disponível para o Reino Unido. A Irlanda também não foi incluída no ranking devido a não existir informação disponível anterior a dezembro de 2016.

Desde abril de 2011 que os preços das telecomunicações1 crescem mais em Portugal do que na U.E.3 (em termos médios anuais).

Gráfico 2 - Taxa de variação média dos últimos 12 meses - preços de telecomunicações: Portugal vs U.E.

Desde abril de 2011 que os preços das telecomunicações crescem mais em Portugal do que na U.E. (em termos médios anuais).

Unidade: %
Fonte: EUROSTAT
Nota: A partir da publicação, pelo EUROSTAT, no dia 25 de fevereiro de 2016, dos dados referentes a janeiro de 2016, o ano de referência da série do IHPC foi alterado de 2005 para 2015. Poderão existir diferenças nas séries devido ao efeito dos arredondamentos5.

Notas
nt_title
 
1 Trata-se do sub-índice "serviços telefónicos e de telecópia" do Índice de Preços no Consumidor (IPC) e do Índice Harmonizado de Preços no consumidor (IHPC), que agrega os serviços de voz, Internet e TV por subscrição (TVS) adquiridos de forma individualizada ou em pacote. A análise dos preços aqui apresentada deve ser complementada com uma apreciação das características das ofertas, cuja informação se encontra disponível nos relatórios "Pacotes de serviços de comunicações eletrónicas", "Serviço telefónico em local fixo e VoIP nómada", "Serviços móveis", "Serviço de acesso à Internet" e "Serviço de televisão por subscrição" disponíveis no site da ANACOM.
2 Vd. "Índice de Preços no Consumidor - Março de 2018" (INE, 2018), disponível em Taxa de variação homóloga do IPC aumentou para 0,7% - Março de 2018 Link externo.https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_destaques&DESTAQUESdest_boui=313637321&DESTAQUESmodo=2.
3 Informação não disponível para o Reino Unido. Informação disponível para Irlanda a partir de dezembro de 2016.
4 Vd. IHPC- monthly data (EUROSTAT, 2018), disponível em HICP (2015 = 100) - monthly data (index) Link externo.http://appsso.eurostat.ec.europa.eu/nui/show.do?dataset=prc_hicp_midx&lang=en.
A metodologia utilizada está disponível em HICP methodology Link externo.http://ec.europa.eu/eurostat/statistics-explained/index.php/HICP_methodology.

5 Para mais informações, consultar New HICP reference year 2015 = 100 Link externo.http://ec.europa.eu/eurostat/documents/272892/272971/HICP+reference+year+2015%3D100/.