ANACOM na ilha das Flores para verificar situação das comunicações

O Presidente do Conselho de Administração da ANACOM, João Cadete de Matos, esteve esta segunda e terça feira nos Açores, na ilha das Flores, tendo abordado com autarcas os problemas que afetam aquela ilha em matéria de comunicações. Em reunião com o Presidente da Câmara de Santa Cruz das Flores, José Carlos Pimentel Mendes, este responsável apontou a falta de cobertura de rede móvel e Internet como o principal problema, tendo ainda referido os extravios de correio, preocupações que são partilhadas pela autarquia de Lajes das Flores.

O Presidente da ANACOM referiu a importância de as regiões remotas do país, como é o caso da ilha das Flores, disporem de bons serviços de telecomunicações e correios. Defendeu também a substituição atempada dos cabos submarinos que servem as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira e a partilha de infraestruturas, como duas das soluções que podem dar resposta às preocupações manifestadas.

Na reunião com a Câmara de Santa Cruz das Flores, o Presidente da ANACOM alertou ainda para o facto de os cabos submarinos poderem dar um importante contributo para a deteção de sismos e tsunamis, bem como para a realização de estudos oceanográficos. Também a partilha de infraestruturas (designadamente o roaming nacional) foi apontada como uma forma de dar resposta à ausência de cobertura de rede móvel e Internet que afeta várias localidades da ilha das Flores.

O Presidente da ANACOM participou ainda nas X Jornadas Ibero-Atlânticas de Estatística Regional, subordinadas ao tema “Estatísticas do Turismo”, que decorreram em Angra do Heroísmo e Santa Cruz das Flores, a 22 e 23 de outubro, respetivamente.

ANACOM na ilha das Flores para verificar situação das comunicações.

Da esquerda para a direita: Ilda Matos, Assessora de Imprensa da ANACOM; João Cadete de Matos, Presidente do Conselho de Administração da ANACOM; José Carlos Pimentel Mendes, Presidente da Câmara de Santa Cruz das Flores; Luis Anselmo, Chefe da Delegação da ANACOM dos Açores

Consulte:

Mais informação: