ANACOM explica processo de migração da rede de TDT aos autarcas


ANACOM reuniu nos dias 23 e 24 de janeiro com as Comunidades Intermunicipais do Alentejo Central, do Alentejo Litoral e do Baixo Alentejo para explicar o processo de migração da rede de TDT, que vai começar a nível nacional com a alteração da frequência do emissor de Sines, no dia 7 de fevereiro. No total estas comunidades intermunicipais integram 32 municípios.

Nas reuniões com os autarcas, além de se explicar o processo de migração, necessário para libertar a faixa dos 700 MHz para a implementação do 5G, a ANACOM explicou ainda todo o processo: as datas de alteração da rede de emissores na região, o que as pessoas têm que fazer para voltar a ver televisão normalmente – sintonizar os seus equipamentos – e que o processo não envolve custos para as populações: não é preciso comprar novas televisões ou descodificadores, substituir ou reorientar antenas, ou subscrever serviços de televisão paga. Nesta matéria, a ANACOM explicou ainda a recente medida cautelar adotada, de proibição prévia de práticas comerciais desleais.

A ANACOM, que esteve representada nas reuniões pelo presidente, João Cadete de Matos, e por uma equipa técnica constituída por Miguel Henriques, José Pedro Borrego, António Rolhas e Ilda Matos, partilhou com os autarcas, cujo apoio solicitou, todas as medidas que a ANACOM tem preparadas para apoiar as populações neste processo: a campanha de comunicação; os protocolos com a ANAFRE, a AMA, com Câmaras Municipais; e as parcerias com o Instituto da Segurança Social, com a GNR, a PSP, o Patriarcado e o Corpo Nacional de Escutas.  

Foi ainda explicado o funcionamento do call center lançado pela ANACOM (linha gratuita 800 102 002) para dar informação e ajudar a fazer a sintonia dos televisores ou descodificadores TDT, e do trabalho a desenvolver pelas equipas técnicas que a ANACOM terá no terreno para apoiar as populações.

Os autarcas manifestaram a sua disponibilidade para apoiar as populações neste processo.

Alguns autarcas aproveitaram a presença da ANACOM para expressarem a sua preocupação com a degradação da qualidade do serviço postal nos respetivos concelhos e com a deficiente cobertura de rede móvel e internet de banda larga.

Este roadshow da ANACOM sobre a TDT terminou no dia 24 à tarde, com uma Download de ficheiro apresentação sobre a migração da rede de TDT no Congresso da ANAFRE.

Reunião entre ANACOM e Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central.

Reunião entre ANACOM e Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central

Reunião entre ANACOM e Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo.

Reunião entre ANACOM e Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo

Reunião entre ANACOM e Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral.

Reunião entre ANACOM e Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral


Consulte: