Preços das telecomunicações diminuíram 0,2% em abril face ao mês anterior


Em abril de 2024, os preços das telecomunicações, medidos através do respetivo grupo do Índice de Preços do Consumidor (IPC), diminuíram 0,2% face ao mês anterior em consequência de alterações de um prestador que afetou uma oferta do serviço telefónico móvel.

Em comparação com o mês homólogo do ano anterior, os preços das telecomunicações aumentaram 6,4%. Tratou-se de uma variação dos preços superior em 4,2 p.p. (pontos percentuais) à verificada pelo IPC (2,2%). Recorde-se que a ANACOM recomendou aos prestadores contenção nos aumentos de preços para 2024https://www.anacom.pt/render.jsp?contentId=1764353.

A taxa de variação média dos últimos doze meses dos preços das telecomunicações foi de 5,2%, 2,6 p.p. acima da registada pelo IPC (2,6%). Tratou-se da taxa mais elevada desde agosto de 1994.

Por tipo de serviços, a taxa de variação média dos últimos doze meses em Portugal foi 6,1% nos serviços em pacote e 4,6% nos serviços telefónicos móveis, segundo dados do Eurostat.

Em termos internacionais, a taxa de variação média dos últimos doze meses dos preços das telecomunicações em Portugal foi superior à verificada na União Europeia (UE) em 4,1 p.p., onde a taxa foi de 1,1%. Portugal registou a 3.ª variação de preços mais elevada (25.ª mais baixa) entre os países da UE27. O país com o maior aumento de preços foi a Hungria (+12,2%) enquanto a maior diminuição ocorreu em Malta (-7,5%).

Por subgrupo, as taxas de variação média dos últimos doze meses dos preços dos serviços em pacote e dos serviços telefónicos móveis em Portugal foram 3,4 p.p. e 5,4 p.p. superiores à média da UE, respetivamente.

Numa perspetiva de longo prazo e em termos acumulados, os preços das telecomunicações aumentaram 22,5% desde o final de 2009 enquanto o IPC aumentou 31,1%. No entanto, nesse mesmo período os preços das telecomunicações na UE diminuíram 7,9%.

Por operador, as mensalidades mais baixas foram oferecidas pela NOWO em sete casos, num leque de 11 serviços/ofertas, enquanto a MEO e a Vodafone apresentaram as mensalidades mínimas para dois tipos de serviço/ofertas, cada uma.

A título de exemplo, a NOWO apresentou mensalidade mínima mais baixa para o serviço telefónico móvel individualizado (6,88 euros) e para as ofertas em pacote triple play (25,0 euros) e quadruple play (35,63 euros), enquanto a Vodafone apresentou a mensalidade mínima mais baixa da oferta quintuple play (64,10 euros).

Infografia da evolução dos preços das telecomunicações em abril de 2024.


Consulte o relatório estatístico: