Avaliação de radiações não ionizantes - 1.º semestre de 2019



Esta informação é propriedade de ANACOM

Até ao final do 1.º semestre do ano de 2019 foram recebidas na ANACOM 1986 solicitações relacionadas com radiações não-ionizantes, para análise de situações concretas, tendo sido terminados 1977 processos (que envolveram a análise de 251 estabelecimentos de ensino), muitos dos quais na sequência de medições no local.

Os resultados apurados apontam para valores pelo menos 50 vezes inferiores aos níveis de referência de densidade de potência fixados na Portaria n.º 1421/2004, de 23 de novembrohttps://www.anacom.pt/render.jsp?contentId=953956. Verificaram-se 65 situações que não garantiam à partida o patamar 50 vezes inferior sendo, contudo, em todas elas garantido o cumprimento dos níveis de referência. Todas as conclusões das ações realizadas foram levadas ao conhecimento das pessoas ou entidades que solicitaram as avaliações.

Data

Solicitações
recebidas

Análises
concluídas

Valores pelo menos
50 vezes inferiores
aos limites legais

Valores inferiores aos limites legais,
mas superiores
ao patamar 50 vezes
abaixo desses limites

2000/01 108 108 105 3
2002/03 472 472 461 11
2004/05 270 270 255 15
2006/07 285 285 270 15
2008/09 212 212 206 6
2010/11 197 197 192 5
2012/13 148 148 142 6
2014/15 109 109 108 1
2016/17 105 105 104 1
2018/19* 80 71 69 2
TOTAL  1986 1977 1912 65

* Valores relativos a 2018 e ao 1.º semestre de 2019.


Evolução do número de solicitações recebidas

Evolução do número de solicitações recebidas

* Valores relativos a 2018 e ao 1.º semestre de 2019.

 

Percentagem de valores inferiores e superiores ao patamar 50 vezes abaixo dos limites legais

Percentagem de valores inferiores e superiores ao patamar 50 vezes abaixo dos limites legais

 

Avaliação de campos eletromagnéticos (radiações não Ionizantes)

Avaliação de campos eletromagnéticos (radiações não Ionizantes)

* Valores relativos a 2018 e ao 1.º semestre de 2019.